The 12 Best Movies of 2002

Chegamos então em um dos melhores anos da primeira década do século, poucos anos como esse em que os cinco indicados ao Oscar de melhor filme, realmente mereciam estar entre os selecionados, ano de muitas biografias algumas delas de pessoas muito conceituadas como Frida Kahlo, Virginia Wolf e o falsário Frank Abagnale Jr entre outros, depois de sua primorosa estreia Estrada Para Perdição, de Sam Mendes foi sucesso mas, longe de ser maravilhoso como seu filme de anterior, muitos filmes bons ficaram de fora da lista como Minority Report, de Steven Spielberg e Longe do Paraíso, de Todd Haynes, faço desde já uma menção honrosa para Sweet Sixteen, de Ken Loach que por muito, mas muito pouco mesmo, não figurou a lista dos melhores, grande ano e todos são no minimo filmaços, essa é a minha lista.

Resultado de imagem para 8 mile movie

12. 8 Mile - Ruas das Ilusões, de Curtis Hanson

Como eu disse um pouco acima, o ano foi de muitas biografias, e Curtin Hanson junto com Eminem, decidiram filmar a história do músico, é seria sim, uma biografia qualquer, se não fosse por uma história marcante, afinal estamos falando de um dos melhores compositores dos últimos anos, esse é um filme para os adoradores da realidade dos subúrbios e pra levantar a auto-estima dos que precisam dar proveito à aquela oportunidade de mudar suas vidas, para quem acompanha a carreira do músico desde sempre, sem contar que o filme é embalada por ótimas batalhas musicais e grandes letras.

Resultado de imagem para gangs of new york movie
11. Gangues de Nova York, de Martin Scorsese
Para alguns muito longo, ou um dos filmes mais fracos de Martin Scorsese e uma série de coisas ruins, particularmente acho um trabalho de proporção gigantesca, a primeira parceria do diretor com Leonardo Dicaprio, é um épico para contar não só a histórias das gangues que tomavam conta das ruas, como também para contar a história da própria cidade, onde o diretor adora rodar seus filmes, uma reconstrução de época que beira a perfeição e lógico, mais uma das grandes atuações de Daniel Day-Lewis.

Resultado de imagem para bowling columbine movie
10. Tiros em Columbine, de Michael Moore
O documentário que causou polêmica por onde passou, não por menos, essa é quase sempre a intenção de Michael Morre, dessa vez tocando em um assunto muito particular dos Estados Unidos, o armamento e suas causas. o documentário por mais autentico que seja, ainda deixa momentos que duvidamos da sua verdade, ainda assim, Moore quer levantar questões e isso ele consegue com a maior facilidade, o diretor faz do cinema sua arma letal, montagem, relatos, animações, personagens, uma estrela hollywoodiana e muita manipulação. Que espetáculo da ironia, um filmaço.

Resultado de imagem para catch me if you can movie
9. Prenda-Me Se For Capaz, de Steven Spielberg
O filme baseado em fatos reais, trata a então história real de um dos maiores impostores da história dos Estados Unidos, essa que é sem dúvida uma das melhores narrativas e trabalhos de condução por parte de Spielberg, desde os créditos primorosos, a trilha sonora (talvez a melhor de toda parceria de John Williams com Spielberg) até a condução dos atores - há quem diga que é aqui que Leonardo Dicaprio tem sua melhor atuação - outra parceria do diretor com Tom Hanks, resultado grande filme.

Resultado de imagem para adaptation movie
8. Adaptação, de Spike Jonze
Todos já sabíamos que Spike Jonze havia se mostrando uma grande surpresa como diretor, sabíamos também que Charlie Kaufman tem uma das mentes mais mirabolantes da indústria cinematográfica, juntos faríamos o filme mais intrigante de 2002, um jogo de metalinguagem complexo e interessantíssimo. Se Charlie Kaufman estava preocupado em fazer algo diferenciado, único e fora dos padrões, ele conseguiu com maestria, roteiro sobre flores, sobre criação artística, sobre sentimentos, junto com uma trinca Nicolas Cage, Chris Cooper e mais uma grande atuação da grandiosa Meryl Streep.

Resultado de imagem para chicago movie
7. Chicago, de Rob Marshall
O sucesso de Baz Lurhmann um ano antes, colocou os musicais em alta - mesmo que de forma temporária, infelizmente - o filme de Marshall traz tudo o que um musical tem direito, das clássicas musicas até as coreografias fantásticas, apesar de sofrer da mesma irregularidade que a maioria dos musicais americanos - alguns números sendo bem melhores que outros - consegue manter o ritmo e acaba construindo uma experiência prazerosa, ainda que o elenco seja incrivelmente ruim, o filme é excelente e funciona como foi feito pra ser.

Resultado de imagem para the lord of the rings the two towers movie
6. O Senhor os Anéis - As Duas Torres, de Peter Jackson
O mais fraco da trilogia, é o que alguns acham, eu particularmente acho excepcional como as outras duas partes, ainda que esse funcione muito como uma preparação de terreno para o épico que seria o final, o filme de transição divide os personagens já conhecidos em núcleos diferentes, o que prejudica um pouco o ritmo, porém, tudo continua impecável, existe uma pequena inserção de novos personagens e batalhas para deixar qualquer fã de fantasia medieval orgulhoso, grande filme como os outros são de fato.

Resultado de imagem para the pianist movie
5. O Pianista, de Roman Polanski
O diretor demorou muito para concluir esse filme que, é o seu mais particular como ele mesmo já declarou muitas vezes, ainda que tarde, ganhou a Palma de Ouro e seu Oscar de melhor diretor, ainda que longe dos Estados Unidos, todos esses prêmios foram justos, já que o filme é um dos mais fortes e poderosos de seu ano, contar a história dos judeus, do holocausto da forma mais humilhante possível, de forma crua e fria possível, é isso que Polanski faz sem temer nada e nem ninguém, conseguiu emplacar talvez, seu melhor filme.

Resultado de imagem para the hours movie
4. As Horas, de Stephen Daldry
O ano é 1929,  foi lá que Virginia Woolf estava começando a escrever seu livro, “Mrs. Dalloway”, um dos maiores livros de todos os tempos, ainda sob os cuidados de seus médicos e familiares. O ano é 1951, Laura Brown está preparando algo para o aniversário de seu marido. O ano é 2001, Clarissa Vaughn está preparando uma festa para seu melhor amigo, um famoso autor que está morrendo. São essas três histórias que de alguma forma se entrelaçam e juntas forma o filme mais tocante do ano, também o maior filme de Stephen Daldry que teria outros grandes filmes no currículo, como se isso não fosse o suficiente, o filme conta com três grandes atrizes em três momentos gigantescos.

Resultado de imagem para talk to her movie
3. Fale Com Ela, de Pedro Almodóvar
O domínio que o diretor tem com suas próprias histórias, nunca deixou dúvidas, em sua obra-prima o diretor Pedro Almodóvar, mostra que é uma grande contador de histórias, ainda que muitas delas sejam muito melodrama, cheias de toques, no decorrer de uma história complexa, o diretor só vai aumentando a densidade emocional a cada cena, com minutos finais inesquecíveis, uma obra que fascina por sua sensibilidade e toca pela maestria da narrativa, o cinema-arte de Almodóvar mais uma vez muito bem realizado, alias, muito bem realizado que podemos chamar facilmente esse filme de obra-prima.

Resultado de imagem para Irreversible movie
2. Irreversível, de Gaspar Noé
O golpe que o diretor da em quem acompanha a sua história, é muito forte, alias, talvez essa seja o filme que mais me causou tremores no decorrer de muitos anos em que acompanho o cinema, contado completamente de trás para a frente, o filme narra a busca por vingança, com as cenas mais violentas que o cinema, Noé fazendo uso de artifícios que apenas o cinema oferece para falar a violência desmedida e irracional, inevitabilidade da tragédia, é um filme para quem tem estômago forte, pois ele já começa estragando e a cena do estupro, de qualquer forma Noé usa violência como artificio mas, nada gratuito.

Resultado de imagem para city of god movie
1. Cidade de Deus, de Fernando Meirelles
O maior e melhor filme nacional de todos os tempos, é isso o que eu penso dessa obra sem precedentes de Meirelles que mostrou competência internacional em termos de direção, o filme foi um divisor de águas, fazendo rejuvenescer novamente o cinema nacional após um longo período sem muito o que dizer, retrato cruel e devastador das favelas no rio, tráfico, menores infratores, vingança, justiça. Meirelles filma o nascimento de uma sociedade, seu crescimento e degradação. O ciclo vicioso, incurável. Por isso é tão impactante, porque se apóia na verdade e nela constrói toda a sua história, ainda que fictícia. Uma obra de valor imensurável.

You May Also Like

3 comentários

  1. nunca vi 8 mille. amo gangues de nova york. genial e baseado em uma história real. amo daniel day-lewis. amo prenda-me se for capaz. vivo revendo. e tb outro baseado em história real. chicago é muito ruim. um equívoco. o pianista é maravilhoso. lixo as horas. uma visão estereotipada da obra da virgínia woolf. fale com ela é muito impactante. tb gosto de cidade de deus. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Pela sua lista de escolhidos, só teve filmes bons nesse ano. Assisti a todos e gostei muito de cada um deles. Show mesmo!

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Gangues de Nova York - É mais dos vários filmaços de Scorsese.

    Tiros em Columbine - Apesar da manipulação comum aos docs de Michael Moore, este trabalho é primoroso.

    Prenda-me Se For Capaz - História incrível e filme extremamente divertido.

    Adaptação - Sensacional loucura.

    O Senhor dos Anéis - Trilogia magnífica

    O Pianista - A obra-prima de Polanski.

    Fale Com Ela - Não sou grande fã do estilo de Almodovar, mas este é um belíssimo e doloroso drama.

    Irreversível - Uma verdadeira jornada ao inferno. Filmaço

    Cidade de Deus - O melhor filme da história do cinema brasileiro.

    Abraço

    ResponderExcluir